5 dicas para negociar um aumento salarial

5 dicas para negociar um aumento salarial

Ter que pedir um aumento salarial é sem dúvida um grande dilema na vida de muitos profissionais. É um momento que pode demorar a acontecer, mas que quando chega é preciso tomar uma atitude. É preciso criar estratégias para ser bem sucedido.

Tem gente que, apesar das pressões que sofrem de outros, principalmente de seus familiares, prefere tomar uma atitude mais confortável, a de encontrar desculpas para não pedir aumento ou protelar um pedido. Ora, dizem muitos, como pedir aumento se a economia nacional vai mal. Ora, dizem outros, como posso pensar em pedir um aumento se as vendas da minha empresa estão em queda a cada mês? Vamos esperar mais um pouquinho, dizem outros.

O fato é que com o passar do tempo, com o aumento de pressões pessoais, por conta das contas a pagar, é preciso ser mais incisivo. Mas, como colocar pressão para conseguir um aumento sem comprometer a sua atual posição dentro da empresa? Eis as minhas cinco sugestões:

1- Procure avaliar se a sua remuneração (considere salários e benefícios) em relação ao mercado e a outros cargos equivalentes dentro da sua empresa atual. Uma pesquisa salarial (há sites específicos de mostra salarial que você poderá consultar) poderá ajudar você saber isso e tomar uma decisão. Descobrir que sua remuneração está muito defasada em relação a outros cargos similares no mercado e dentro da sua empresa já será um grande argumento para pedir um aumento.

2- Escolha bem com que falar sobre o aumento. Conversar com um superior imediato é uma saída. Se você o conhece, e, portanto, sabe como ele costuma reagir em casos assim, converse francamente com ele. O fato de serem conhecidos não significa que ele irá resolver o seu pedido de imediato. Conversar com um superior hierárquico que você não tem intimidade exige mais cuidado, especialmente com relação ao momento certo de abordá-lo.

3- Escolha o momento certo para falar sobre aumento. É preciso saber escolher bem o momento para falar sobre isso. Não faça como muitos que querem aproveitar um encontro com o seu superior em um corredor, ou no restaurante, ou no elevador, ou durante uma reunião para falar sobre aumento. Você terá grande chance de ouvir um sonoro “NÃO” ou ainda correrá o risco de ouvir um “vamos falar sobre isso mais tarde” e nunca mais voltar ao assunto. Assim também, evite constranger o seu superior falando sobre aumento durante uma confraternização ou alguma festa pessoal nas quais esteja um superior.

4- Esteja preparado para as reações ao seu pedido de aumento. Parece que determinados “chefes” tem o hábito de rejeitar pedidos de imediato, Ou, esteja certo que mesmo em situações favoráveis os seus superiores farão tudo para mostrar que eles não tem “budget” suficiente para aumento. Também, poderão demonstrar a você que seu desempenho não está sendo satisfatório. Se você mantiver os seus argumentos, alegando alguma habilidade ou melhoria em seu currículo, ele poderá avaliar o seu pedido e até mesmo conceder o aumento que você pretende.

4- Tome uma decisão. Se conseguiu o aumento desejado, parabéns, comemore. Agora, se não conseguiu, avalie se é melhor permanecer com o mesmo salário e aguardar um novo momento, ou, decidir sair em busca de uma melhor oportunidade em outro departamento da mesma empresa ou em outra empresa no mercado de trabalho.

Agora é a sua hora. Boa sorte!

 

Crédito imagem: http://www.freedigitalphotos.net/sscreations

Informações do Autor

Nelson Fukuyama

Ainda sem descrição

1 Comentário
  1. Vinicius

    26 de dezembro de 2014 de 14:50

    Ótimas dicas, queria acrescentar que é bom também esperar o melhor momento da empresa (situacao economica, etc) e mesmo do chefe (humor, etc), dessa forma teremos mais chances de ser ouvidos durante o processo, abs!
    http://negociacaosalarial.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *