9 segredos dos fast foods revelados por funcionários

Esses 9 segredos do que acontece por trás dos fast foods  pode não ser nenhuma novidade para quem trabalhou ou trabalha  nesses lugares, mas há muita gente que realmente não sabe disso e se deixa levar pela propaganda.

1. Depois de preparar um hambúrguer, eles são deixados numa estufa e um temporizador é ligado. Quando ele avisa que o tempo acabou, o sanduba deveria ser jogado fora. “Mas muitas vezes só requentamos e servimos”.

2. O peito de frango grelhado é uma opção saudável? “Ás vezes temos de untá-lo com manteiga para evitar que grude na chapa”. Ou seja, nem sempre.

3. Aquelas marcas de grelha no hambúrguer? Não são reais. Tudo obra da boa e velha química.

4. Evite pedir alguma coisa “extra”, como queijo ou molho. Tudo que é “extra” é automaticamente cobrado. Pedir o bom e velho por favor é melhor.

5. O óleo para fritura é reutilizado várias vezes durante o dia. Então entre comer no pastel da esquina e na lanchonete, as vezes dá na mesma.

6. Existe opção saudável no menu? “Dá vontade de rir”. A salada com frango crocante, por exemplo, tem mais calorias que um cheeseburger. Dependendo da salada escolhida, uma batata média tem menos gordura.

7. Aquelas fotos maravilhosas dos pratos logo na entrada da lanchonete, como você já deve ter percebido, são falsas.

8. Quer garantir um sanduba novo ou uma batata nova, sem ser requentada? Peça a batata sem sal e o sanduba sem alface, por exemplo. Isso obriga o funcionário a preparar uma nova porção.

9. Pegar fila à tarde não é tão ruim, já que no final do dia, as chapas e os bicos das máquinas de refrigerante são limpas com produtos químicos pesados. Ou seja, os primeiros clientes da manhã podem receber parte do resíduo químico na comida ou na bebida.

Informações do Autor

Equipe Dom7

Equipe de redatores do Grupo Dom7.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *