A importância de saber escutar

Relacionamentos não são fáceis. Se fossem, certamente não haveria tantos rompimentos, brigas e separações. Mas afinal, existe algum segredo para manter um relacionamento? Parece que não existe um segredo apenas, mas vários; o mais importante deles? Saber escutar.

Um desses segredos é o tema da nossa matéria e diz respeito ao “saber escutar”, vamos contar para você porque é tão importante saber ouvir o outro. E isso vale não só para casais, serve para qualquer tipo de relação.

Para que o diálogo aconteça de uma forma saudável você deve trabalhar com três máximas: agir com calma, escutar com abertura e finalmente se entender melhor.
As pessoas sentem muita necessidade de serem ouvidas, e elas encontram nos parceiros e nos amigos mais próximos as pessoas ideais para confidenciar seus problemas, falar sobre situações constrangedoras, dificuldades, vontades e sonhos. Quando a pessoa percebe que aquele para quem ela direcionou sua energia não dá tanta importância para o que esta sendo dito, acaba gerando um conflito.
O problema é que ao invés de escutar, muitas pessoas na verdade só estão esperando para dar o seu ponto de vista – que normalmente é discordar ou negligenciar o que acabou de ser dito.

Vamos te ensinar como saber escutar e melhorar suas relações:

Esteja presente, de corpo e “ouvidos” – Quando a pessoa estiver falando com você, esteja presente, cuidado com  os devaneios. Caso você perceba que não vai conseguir ouvir a pessoa, diga a ela e adie a conversa, seja franco e converse em um momento em que estiver disponível para ouvir. É uma atitude de respeito que traz efeitos positivos para a relação.

Evite interromper – Não tente completar frases, mesmo que seja previsível o que a pessoa irá dizer. Interromper não é positivo para nenhuma conversa, desde as mais leves até as conversas sérias. Se a pessoa está esperando ser ouvida é porque ela não quer ser interrompida.

Escute – Apenas escute e espere a pessoa terminar antes de começar a falar.

Converse, não discuta – Se estiver irritado peça para conversar em outro momento. Não discuta, converse. Quando a pessoa quer ser ouvida ela espera simplesmente ser ouvida e não brigar.

Seja empático – Coloque-se no lugar do outro e demonstre empatia com a opinião e o posicionamento do outro. A reação física pode ser tão importante quando a verbal, às vezes um abraço vale mais que mil palavras.

Relacionar-se com as pessoas não é fácil, mas é possível encontrar um ponto comum e ter relações mais saudáveis. Para isso, comece sabendo ouvir, agindo com respeito, empatia, controle e cuidado.

Com respeito e empatia é muito mais fácil ter conversas saudáveis e ser mais feliz.

 

Crédito foto: flickr.com/PedroRibeiroSimões



                                                                                                               Publicidade
Informações do Autor

Ana Paula Venturella

Redatora do Grupo Dom7.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *