Caminhar por apenas 5 minutos é o suficiente para oxigenar o cérebro

Os benefícios da caminhada para a saúde já são bastante conhecidos e divulgados por médicos, que afirmam que caminhar apenas 30 minutos da atividade por dia já é capaz de afastar as chances de sedentarismo.

E mesmo quem não tem esse tempo extra para abandonar o trabalho e se movimentar precisa saber que caminhar durante somente 5 minutos é o suficiente para transformar completamente seu dia.

Caminhadas de poucos minutos fazem muito bem à cabeça

De acordo com um estudo realizado pela Universidade de Stanford, além de trazer melhora física, uma caminhada curta – ao ar livre ou em ambientes fechados – promove efeitos positivos também para o pensamento criativo.

Os pesquisadores avaliaram a criatividade dos participantes do trabalho científico após uma caminhada através de aplicação de problemas e desafios que exigiam soluções que saíssem do comum.

Foi descoberto então que os voluntários que deram uma caminhada breve de poucos minutos ao ar livre apresentaram aumento de mais de 60% na criatividade em relação aos que permaneceram sentados em suas mesas.

Apesar de a caminhada ao ar livre indicar benefícios mais pronunciados, aqueles que andaram em ambientes fechados geravam cerca de 40% mais ideias criativas do que os participantes que não praticaram a atividade. O resultado sugere que, mesmo que uma pessoa não possa sair para caminhar, ela pode obter melhoras após dar algumas voltas no próprio trabalho ou sobre uma esteira.

Fonte: Vix



                                                                                                               Publicidade
Informações do Autor

Bruna Borgheti

Jornalista formada pelo Bom Jesus/Ielusc, de Joinville-SC, é acadêmica do curso de Letras da UniCesumar. À frente da redação das publicações do Grupo Dom7, faz a edição e curadoria de conteúdo do site e já teve suas aventuras pelo mundo corporativo, mas gosta mesmo é de um documento de Word em branco. Tem sugestões pra dar? É ela que você está procurando. Entre em contato pelo [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *