Os clássicos no futebol: um estilo à parte que é o espelho da vida

Os grandes clássicos são os pulmões do futebol. Deles surgem os lucros financeiros, o público, o conteúdo dos programas esportivos, a motivação dos jogadores, e até a importância do campeonato. O clássico é o grande combustível para a emoção dos torcedores, o nervosismo tão rotineiro, e principalmente da boa e velha tiração de sarro posterior ao jogo. O clássico futebolístico é um estilo à parte comparados a jogos normais. O estilo e o clima de um clássico, muita das vezes até se confunde com a vida. O universo do clássico é vasto. Solteiros x Casados, Quinta série x Oitava série, Rua da Frente x Rua de Trás, Time com Camisa x Time sem Camisa…

E muita das vezes a nossa vida proporciona momentos muito parecidos a clássicos do futebol. Pois a o ser humano tem uma necessidade de rivalizar, de sempre escolher um lado, seja uma rivalidade sadia ou não. Caim x Abel, Homens x Mulheres, Negros x Brancos, De esquerda x De direita, Com uva passa x Sem uva passa, Temer x Lula, Religiosos x Ateus… Um grande clássico não se limita apenas a um glamouroso Brasil x Argentina! Um clássico representa qualquer tipo de rivalidade, sempre rotineiramente representado pela diferença de ideologias, pela incompatibilidade de idéias.

Interpretar um clássico pode ser a solução de, quem sabe, muitos dos problemas atuais da sociedade. A mania do ser humano é sempre tomar um lado pra torcer, ou simplesmente interagir socialmente em um determinado grupo. Gostar mais de um partido político ou de um time, sem sequer conhecer as propostas ou a escalação do mesmo, tem se tornado comum nos dias de hoje. Ou pior ainda, é compartilhar notícias ou debater assuntos com informações inexistentes. Muitas vezes, querer fazer parte do mundo da ideologia de um clássico é o que gera um grande problema, ou até mesmo causando violência. Que o espírito de um grande clássico, fique somente dentro das 4 linhas.

Imagem: freeimages/juan vargas

Informações do Autor

Rafyz Santos

Nascido em São Vicente-SP, apaixonado por futebol desde a infância. ''Formado'' em futebol no Campinho mais próximo da minha casa, e ''especialista'' em identificar vestígios do futebol-muleque!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *