Crônica – Sócio-sofredor, o diário do futebol: carta para Messi

Capítulo 2 do Sócio-sofredor, o diário do futebol: A carta de um brasileiro para Messi (#FicaMessi). A série que retrata histórias divertidas na visão de torcedores espalhados pelo mundo. Qualquer semelhança é mera coincidência… ou puro azar!

”Holla hermano, como vai essa ‘força’? Escrevi esta carta para te pedir para não parar de jogar pela sua seleção. Pois você tem dado tanta alegria para os torcedores/secadores brasileiros. Já sofremos bastante nas mãos (literalmente…) de Maradona e Caniggia, na ‘água batizada’ dada aos nossos jogadores na Copa de 1990… São muitas histórias.

Mas desde a sua estréia você só trouxe alegria para a torcida brasileira. Em seu primeiro jogo, saiu do banco para substituir Lisandro López,  e foi expulso com 47 segundos em campo, no amistoso contra a Hungria. Foi ali em 2005, o começo de grandes histórias, cujo até hoje alegra cada brasileiro. Eliminações nas Copas de 2006 e 2010, o pênalti perdido no amistoso na china, os dois vices-campeonatos para o Chile… Ah, e como esquecer o vice na Copa do Mundo em 2014, nos dando alegria depois do 7×1.

Sua permanência na seleção é de grande importância para nós brasileiros! São ao todo 7 títulos perdidos… Você não pode parar, queremos mais. Com você, os 23 anos sem títulos da seleção principal foram mantidos, e toda uma sequência de zoações e memes na internet. Por isso, o povo brasileiro clama pela sua continuidade na seleção principal. Se você sair, a quem xingaremos? Demichelis? Marcos Rojo? Biglia?

Lionel Andrés Messi, nós torcemos para que você continue nos dando tantas alegrias, pênaltis perdidos, e uma felicidade que não cabe no peito. Então ‘queridos’ hermanos, estamos com vocês nessa campanha… #FicaMessi”!

 

Imagem: Alex Caparros/Getty Images/inIndependent

Informações do Autor

Rafyz Santos

Nascido em São Vicente-SP, apaixonado por futebol desde a infância. ''Formado'' em futebol no Campinho mais próximo da minha casa, e ''especialista'' em identificar vestígios do futebol-muleque!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *