A Cultura da Corrupção: é ela que identifica o brasileiro?

É bem provável que a maioria dos cidadãos brasileiros tenha se indignado com o surgimento de tantos atos corruptos na política e nos setores privados. Nos últimos meses, assistimos nos telejornais dezenas de denúncias sobre esquemas milionários envolvendo pessoas com um cargo de poder. O Brasil não é o único país com esses registros vergonhosos, mas, infelizmente, carrega a mancha imperdoável da corrupção,  na opinião de alguns países interessados no mercado brasileiro.

Todavia, o que nos representa de fato? O que identifica o cidadão brasileiro?

Como um ser social, adotamos comportamentos e interagimos com todo o movimento, seja ele político, econômico ou social. Sendo assim, também podemos assumir certas posturas pouco éticas no cotidiano.

Num dia qualquer , presenciei um menino em idade escolar, passar por baixo da catraca do ônibus para não pagar a passagem. Sendo chamado pelo motorista, teve que ouvir uma crítica severa. Da mesma forma, alguns adultos insistem em procurar um jeitinho para facilitar suas vidas,compactuando com atitudes corruptas.

Nosso esforço em buscar exemplos de honestidade tem sido grande e tem merecido reportagens nos jornais e revistas. O que, na verdade, deveria ser algo comum.

Nesta reflexão, concluímos que temos grande responsabilidade em nosso país que é enfraquecer formas equivocadas de assumir o poder político, bem como nos educar para o cumprimento de nosso papel social desvinculado da corrupção.

Sem dúvida, sabemos que é preciso colaborar com a construção de uma cultura comprometida com a justiça, dignidade e honestidade e seria uma leviandade acusar a sociedade brasileira de corrupta. Com isso, certamente estaríamos cometendo o equívoco de atenuar a responsabilidade de determinados servidores públicos, que exercem um poder maior e costumam deixar a ética e o respeito pelo dinheiro público em segundo plano.

Enfim, torcemos pelo menino que pensava em levar vantagem na passagem do ônibus e pelos gestores e legisladores do Brasil.

Imagem: freeimages/SvilenMilev

Informações do Autor

Maria Rosa de Miranda Coutinho

Sou mestre em Ciências Sociais pela UFSCar e além da experiência como professora, circulo na área literária com publicações para o público infantojuvenil. Administro uma loja virtual que comercializa livros de autores da cidade de Joinville e sou membro do Conselho Municipal de Políticas Culturais da mesma cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *