Saber se expressar corretamente: Desculpe, pode repetir de novo?

Quantas vezes você já utilizou as palavras deste título? Eu te garanto que já usei muitas e muitas vezes, por vezes fico até me perguntando se estou ficando surdo… sabe como é? A idade acaba nos alcançando mesmo. Brincadeiras a parte, é impressionante como certas pessoas têm dificuldade em se expressar corretamente, ao mencionar corretamente. Não pense você que estou querendo que as pessoas saibam usar a gramática corretamente ou mesmo que saibam corretas combinações de conjugações verbais. Estou sim me referindo a qualquer tipo de expressão que faça com que o ouvinte entenda a mensagem com nitidez.

Parece exagero de minha parte, mas certa vez cheguei a perguntar seis vezes para uma pessoa o que ela estava falando e a mesma sequer demonstrou qualquer esforço em modificar sua fala ou buscar falar mais lentamente para que eu pudesse entendê-la.

Estou falando de línguas estrangeiras? Não… o pior é que não. Estou aqui falando é do nosso velho e corriqueiro português. Incrível, né?

Como mencionei acima, provavelmente você já tenha passado por cenas como esta, no entanto, o que realmente estou querendo te passar hoje é quando ocorre ao contrário. Isso mesmo, e quando é você que está se expressando de maneira difícil de ser entendido e sequer percebe.

Longe de achar que isso só acontece com os outros, saiba que 93% da população sofre alterações de ritmo da fala e de tons na voz conforme o seu estado emocional, ou seja, a não ser que você faça parte dos 7% que tem uma neutralidade absurda ao falar, saiba que com certeza você já deixou pessoas sem saber o que você quis dizer.

Será? Desculpa mas tenho certeza que já… rsrs

Também não estamos aqui para ficar discutindo se isso já aconteceu ou não, creio que o importante para nós é sabermos o que fazer para evitarmos ao máximo que estejamos nessa posição de não compreendidos, afinal isso pode ser um grande motivo para estarmos aquém das metas de produtividade que temos traçado para nossa performance.

Como assim?

Isso mesmo, se as pessoas não estão entendendo corretamente o que você quer e de que maneira isso deve ser feito, como poderão executar corretamente o que você queria que fizessem? Só se for por sorte ou por telepatia.

Então que tal começarmos a tomar medidas que podem minimizar muito este problema?

Aqui vão três dicas poderosas:

– Nunca, jamais, em tempo algum, pergunte às pessoas se elas entenderam o que você acabou de explicar com um tom disciplinador. Fatalmente ocorrerão duas situações: ou elas não prestaram atenção em tudo e vão ficar envergonhadas de mencionar isso, ou então, vão se sentir burras demais para admitirem que não entenderam. De qualquer forma, você perderá a oportunidade de ter sua audiência com mais clareza do assunto abordado;

– De uma forma harmoniosa, e se estiver em grupo, faça alguma dinâmica para que o grupo consiga refletir sobre o que foi dito e  reportem um resumo a respeito. Detalhe, ao pedir que eles façam isso, deixe  que conversem entre eles, não seja o mediador da conversa, isso fará com que muitos fiquem novamente acoados. Este exercício tem um efeito secundário maravilhoso, que é de unificar o entendimento de todos, serve muito bem para quando estamos falando com pessoas do mesmo setor, de quebra, ainda faz com que você mesmo a distância comece a reconhecer quem são seus multiplicadores;

– Caso esteja tendo uma conversa direta com alguém, não perca a oportunidade de oferecer crescimento para esta pessoa, assim que acabar de explicar algo para ela, peça que a mesma use uma analogia para te contar a mesma coisa de uma maneira diferente. Sei que é difícil nas primeiras conversas, porém, depois de algum tempo fazendo isso com as pessoas que te ajudam, você irá perceber um aumento de raciocínio e compreensão muito superior de quando começou a exercitar isso com elas.

Entenda, sempre que estiver se dedicando no presente estará minimizando dificuldades no futuro. Não fique se perguntando quando isso te trará retorno, simplesmente faça que em pouco tempo começará a colher resultados e principalmente, no assunto de hoje, começará a ter as pessoas muito mais atentas naquilo que você diz. As pessoas também entenderão que você está se esforçando para fazer a diferença e quando se cria este sentimento, geralmente elas contribuem com suas estratégias.

Crédito foto: freedigitalphotos.net/stockimages

Informações do Autor

Renato Migliacci

Ainda sem descrição

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *