Dia do Desafio: Jaraguá compete com cidade mexicana

Você sabe como começou o Dia do Desafio? Durante o rigoroso inverno de 1983, quando a temperatura chegava aos 20 graus negativos, o prefeito de uma cidade canadense sugeriu uma ação que necessitava da colaboração de todos. Ele propôs que, às 15h de determinado dia, todos apagassem as luzes, saíssem de casa e caminhassem durante 15 minutos ao redor do quarteirão mais próximo. Era um convite ao exercício do corpo. Além de estimular a realização de atividade física, a iniciativa ocasionou a economia de energia elétrica, que pôde ser calculada pelo número de pessoas envolvidas na atividade.

No ano seguinte, a experiência foi compartilhada com a cidade vizinha e ambas realizaram a caminhada juntas, na mesma data e horário. Estava lançado o espírito que definiria o programa do Dia do Desafio, que tem a proposta de despertar o interesse pela prática de esportes e atividades físicas, por meio de uma competição amigável entre cidades. A competição é apenas estímulo à participação, o objetivo principal é a conscientização em massa da população, da importância, dos benefícios e de como é simples praticar atividades físicas regularmente. Quem sai ganhando são os envolvidos, que exercitam a integração social, a criatividade, a liderança e o espírito comunitário.

A ideia teve sequencia e o Dia do Desafio passou a ser realizado todos os anos na última quarta-feira do mês de maio, em todo o mundo, e cresce em número de cidades e em total de participantes. O Sesc em São Paulo realizou o evento no Brasil pela primeira vez em 1995, em parceria com a The Association for International Sport for All (TAFISA). No mesmo ano, Pelé (então Ministro extraordinário do Esporte) participou do lançamento, afirmando “incentivar todos os brasileiros a praticar esportes.

No ano 2000, o Sesc SP assume a coordenação do Dia do Desafio no Continente Americano. Além da disputa tradicional, as cidades brasileiras estabeleceram desafios prévios com cidades de outros continentes.

O Dia do Desafio é uma iniciativa da UNESCO e da TAFISA – The Association for International Sport for All – e conta com o apoio da ISCA – International Sport and Culture Association. É um movimento comunitário que envolve poderes públicos, instituições privadas e cidadãos.

Em 2016, o Dia do Desafio acontecerá em sua 22ª edição, e desde 2013 tornou-se uma das ações da campanha MOVE Brasil, que pretende ampliar o número de praticantes de esportes e atividades físicas no país até o ano de 2016.

No Dia do Desafio, todos os participantes são considerados vencedores. Afinal, além de exercitarem o corpo, praticam a integração social, a criatividade, a liderança e o espírito comunitário. Porém há uma disputa saudável entre cidades de mesmo porte populacional e o município vencedor será aquele que mobilizar a maior porcentagem de pessoas em relação ao seu número de habitantes. Aqui você confere as cidades que competem esse ano – de acordo com o sorteio, realizado ontem no Sesc São Paulo, Jaraguá do Sul disputa com San Pedro Garza García, no estado de Pedro León, no México, que tem 125.978 habitantes.

E você, aceita esse desafio?

 

Texto: SescRiodeJaneiro/Divulgação
Imagem: Divulgação

Informações do Autor

Bruna Borgheti

Jornalista formada pelo Bom Jesus/Ielusc, de Joinville-SC, é acadêmica do curso de Letras da UniCesumar. À frente da redação das publicações do Grupo Dom7, faz a edição e curadoria de conteúdo do site e já teve suas aventuras pelo mundo corporativo, mas gosta mesmo é de um documento de Word em branco.
Tem sugestões pra dar? É ela que você está procurando. Entre em contato pelo [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *