4 dicas valiosas para incentivar a criatividade das crianças

Existem formas certas de incentivar a criatividade e o aprendizado das crianças? Não existem regras, mas o aprendizado é, por si só, a atividade mais natural do ser humano. Desde o nascimento, os bebês já convivem com a ideia de que devem, dia após dia, aprender algo novo. Em princípio esse aprendizado está atrelado a própria sobrevivência. As crianças aprendem a andar, a falar, dentre outras coisas, pela necessidade, mas de forma espontânea e divertida.

Então podemos dizer que aprender é algo divertido? Em princípio, sim.

O que acontece é que a sociedade em si, principalmente a referência dela contida nos pais e professores, elimina essa ideia das crianças, que vão para as escolas e logo recebem ordens para serem responsáveis, obedientes e organizados. E mais, aprendem que a escola é um lugar sério.

Aí é que ocorre a barreira. O que parecia se algo prazeroso e natural, passa a ser uma obrigação que irá acompanha-las para os resto da vida.

O resultado disso? Estudantes e profissionais cada vez mais sem criatividade e estressados com suas atividades.

A criatividade deve ser constantemente estimulada, seja na escola, em casa ou, futuramente, no trabalho.

Glenn Doman, psicólogo e autor do livro “Teach Your Baby Math”, afirma que “aprender é o jogo mais importante e divertido da vida. Todas as crianças nascem acreditando nisso e continuarão acreditando até que as convençamos de que aprender é uma tarefa extremamente difícil e desagradável”.

Por isso, apresentamos aqui algumas dicas que contribuem para estimular a criatividade dos alunos:

1. Proponha novos problemas

Resultados já prontos ou sem um nível regular de dificuldade desestimulam tanto o aprendizado, quanto a criatividade. Apresente problemas que podem ter mais de uma solução e deixe com que os alunos busquem uma saída.

2. Saia do mesmo cenário

Às vezes, vale a pena levar os alunos para outros ambientes que não seja sala de aula. Não se trata de fazer passeios para lugares longes, mas o simples fato de leva-los ao jardim, ou à praça e propor uma atividade nova, longe das mesas e cadeiras, já vai contribuir para que eles exercitem a criatividade.

3. Reconheça as conquistas

O ser humano, independente da idade, busca o reconhecimento. Na escola é muito importante que o professor aponte, não só os erros, mas também os acertos. Isso vai fazer com que os alunos se sintam valorizados e motivados para fazer mais e melhor. Isso também está muito ligado à necessidade de celebrar as conquistas.

4. Estimule-o a se divertir

É muito bom fazer algo que, mesmo dando muito trabalho, nos traz satisfação. Procure fazer com que cada aluno reconheça aquilo que mais lhe agrada e o estimule. Proponha momentos em que eles possam exibir seus talentos e ajude-os na tarefa de desenvolver suas aptidões.

Essas são algumas dicas para fazer de seus alunos, pessoas mais criativas e dispostas a solucionar problemas. A escola deve ser um espaço de aprendizado e diversão, por isso fala-se tanto da necessidade de fazer uma educação mais inovadora e voltada para as diversas competências.

A escola que consegue alcançar esse objetivo, com certeza, terá alunos mais preparados para o futuro.

*Texto originalmente desenvolvido para a Plataforma JUNTOS.
Imagem: Ian Lamont

Informações do Autor

adriananeves

Compartilhadora de boas notícias. Conectora de projetos e pessoas.
[Gestão de mídias digitais e produção de conteúdo.]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *