Dicas infalíveis para transformar a leitura em um hábito (sem sofrimento)

A leitura é um dos mais antigos e importantes métodos para o desenvolvimento do intelecto e também o caminho mais curto para adquirir conhecimento. Sempre que lemos um livro, seja ele um um romance ou um livro escolar ou de conhecimento técnico, estamos evoluindo e nos tornando melhores do que éramos antes.

Precisamos desconstruir a ideia de que ler é um hábito chato e monótono e entendermos que a leitura é a  mais eficiente, até hoje, maneira de adquirir conhecimento e sabedoria. Sendo assim aconselha-se que se leia de tudo em qualquer plataforma, seja ela impressa ou digital. Não se preocupe, inicialmente, com o conteúdo, leia literalmente tudo que estiver ao alcance de seus olhos. Pode parecer exagero, porém o esforço irá aprimorar a habilidade da leitura e o levará a criação do hábito, que é o real objetivo de todo esse esforço inicial.

Depois que o hábito for criado leia assuntos que te agrade. Há sites, livros e revistas sobre tudo, basta procurar. Se você gosta de moda, de jogos, de história, não importa, com certeza haverá publicações que irão te agradar. Reserve um horário todos os dias para ler, de preferência antes de dormir, pois te fará ter um sono mais tranquilo, além de promover uma melhor fixação da memória durante o sono.

A leitura melhora o aprendizado dos estudantes, o hábito da leitura deve ser estimulado ainda na infância para que o indivíduo aprenda desde pequeno que ler é algo importante e, acima de tudo, prazeroso. A criança geralmente é um espelho dos pais, por isso é importante que o exemplo venha deles. Se você tem filhos, leia para eles desde pequenos, e mostre como a leitura pode ser um hábito divertido. Os resultados virão lá na frente, com bons desempenhos escolares e adultos muito mais seguros e bem preparados. Com a tecnologia fazendo parte das famílias cada vez mais cedo e de forma mais abrangente, é preciso dar atenção especial às crianças, e inserir o hábito da leitura na vida delas desde bem cedo.

Mas, o que devo Ler?

Leia de tudo, ao contrário do que muitas pessoas acreditam, ler revistas, sites, gibis, livros de romance, entre outras leituras de entretenimento, é tão eficaz quanto ler um livro técnico. A diferença é que ler sobre algo técnico oferece conhecimento sobre aquele determinado assunto, enquanto ler sobre variedades estimula o raciocínio e melhora o vocabulário. Não existe boa ou má leitura. Poesias, romances, epopeias, vale tudo quando a intenção é viajar pelas páginas de uma obra literária. Jornais, revistas e periódicos também são ótimos aliados de leitores assíduos.

O mais difícil é começar a ler, uma vez que a TV e as mídias visuais são mais impactantes e mais atraentes. Em meio ao boom tecnológico das últimas décadas, esse hábito acabou ficando de lado, sendo substituído primeiro pela televisão, depois pelos computadores, pelos videogames e agora pelos smartphones. Infelizmente, com o avanço das tecnologias do mundo moderno, cada vez menos as pessoas interessam-se pela leitura.

É clichê, mas é fato.

Somente escreve bem quem lê bastante. Quem lê muito conversa sobre qualquer coisa, e consegue formar opiniões bem fundamentadas, além de desenvolver o bom funcionamento da memória, aprimora a capacidade interpretativa, pois mantém o raciocínio ativo, também proporciona ao leitor um conhecimento amplo e diversificado sobre diversos assuntos. A leitura pode ajudar e relaxar ao mesmo tempo. Inclua em seu horário de estudos um momento voltado para a leitura de algo de sua escolha. Existem revistas de curiosidades no mercado com linguagem divertida, com as quais você vai aprender e se divertir ao mesmo tempo.

Leitura e a Escola

A prática da leitura favorece o aprendizado de conteúdos específicos, aprimora a escrita, dinamiza o raciocínio e a interpretação. Apesar de leitura e escola parecerem ligadas, muitos alunos só leem em sala ou quando são obrigados a ler algum livro para apresentar algum tipo de trabalho. Um dos grandes desafios dos professores da educação básica é ensinar a leitura para os alunos, mas ensinar não só a decifrar códigos, e sim apegar o gosto de ler. O contato com os livros ajuda ainda a formular e organizar uma linha de pensamento. Dessa forma, a apreciação de uma obra literária é uma aliada na hora de elaborar uma redação.

Se ler já é importante no cotidiano de qualquer pessoa, imagine para quem precisa estudar e armazenar uma quantidade enorme de informações de uma só vez? Os estudantes, principalmente aqueles que estão em época de vestibular, precisam se atentar muito mais a isso. Por isso, mesmo cumprindo o cronograma escolar ou lendo as obras para o vestibular, os estudantes podem dedicar-se a leituras descompromissadas, fazendo das férias tempo propício para isso, essa é uma ótima sugestão para auxiliar na memorização de conteúdos. Assim, o aluno continua em contato com a escola, mesmo não indo às aulas.

O hábito da leitura pode também funcionar como um exercício de fixação, pois boa parte dos assuntos estudados na escola é ensinada apenas na teoria. Além disso, durante a leitura, é possível notar faces diferentes de um mesmo assunto, descobrindo um mundo novo, cheio de coisas desconhecidas.

Falar de leitura é muito subjetivo, pois ela está inteiramente ligada a gostos pessoais. Por isso, sugerir textos ou obras pode ser uma tarefa muito arriscada. No entanto, diante da riqueza da Literatura Brasileira não será difícil achar algum assunto, obra e/ou autores que seja do seu interesse. Lembre-se que a leitura é um hábito que só traz benefícios para a nossa vida. Vale a pena adotá-la para o seu dia-a-dia, experimente!

Imagem: ginny

Informações do Autor

Natan Rufino

Nascido em São Paulo, criado no Rio de Janeiro, estudante de jornalismo. Acredito que a informação e o conhecimento mudam a vida das pessoas. Jornalismo, Cinema e viagens são algumas de minhas paixões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *