Dicas para conseguir um aumento de salário

Um salário melhor é o desejo de todo colaborador, mas como pedir um aumento? Só de pensar no assunto, muita gente já desiste da ideia. Portanto, saber como agir nessas horas é imprescindível para não pisar na bola e acabar mal visto. Para nada dar errado, a psicóloga e consultora da SBA Associados, Giovana Tensini de Aguiar dá algumas dicas para o profissional se preparar e conseguir o tão sonhado aumento de salário.

Avaliação desempenho

Em geral, as empresas utilizam uma avaliação de desempenho ou até mesmo um programa de carreira. “Caso a empresa tenha essa avaliação, o funcionário deve se basear no que ela leva em conta e quais os critérios. É importante também considerar o tempo que se está na empresa para que as coisas aconteçam”, explica Giovana.

Faça mais

Para receber um aumento, o colaborador deve ser uma pessoa disposta, que busca entregar mais do que foi pedido e superar expectativas. “Quem faz só o feijão com o arroz, não faz mais que a obrigação”, lembra a consultora. Outra dica da profissional é de levar em conta cursos que foram feitos e atividades que visaram melhorar o desempenho.

Como chegar ao chefe?

Não há problemas em pedir aumento, mas é preciso saber a hora certa. Giovana diz que é importante marcar um horário com o chefe, verificar como está o humor dele e analisar se esse é um momento que a empresa está mais calma e não, por exemplo, fechando algum projeto.

Atenção

Giovana afirma que não se deve pedir um aumento logo após a conclusão de um trabalho. “O ideal é concluir alguns trabalhos (bons, é claro) para então solicitar”, frisa. Outra regrinha, de acordo com a profissional, é não pedir um aumento logo depois de um dissídio. “Não fica bem para o funcionário, pois a empresa já esta tendo um custo a mais”, lembra.

Posso fazer comparações?

Essa é uma situação delicada e as comparações podem ser consideradas blefes. “Em minha opinião, o profissional precisa se garantir e não depender dos outros” aponta Giovana.

Quanto eu posso pedir de aumento?

A dica é fazer uma pesquisa de mercado para ver o que as pessoas que desempenham a mesma função estão ganhando e assim não pedir valores muito distantes. Aqui Giovana diz que é preciso levar em conta o estado onde se está trabalhando. “Um profissional de Santa Catarina não pode comparar o salário com um de São Paulo, pois o custo de vida lá é bem mais alto”, explica. Na internet é possível encontrar referência de valores.

Se não der certo, devo procurar outro emprego?

Primeiro é preciso analisar porque o aumento não foi concedido. “Uma dica é buscar feedback junto ao superior imediato, para saber como está o desempenho, descobrir os próprios gaps ou ainda onde pode melhorar”, orienta Giovana. Outra questão é analisar a situação da empresa. Muitas vezes, o momento econômico é delicado.

Para a psicóloga, caso o colaborador sinta que não está sendo valorizado como deve, não obteve nenhum aumento ou benefício e que tem potencial para oferecer mais e crescer, é hora de procurar outra oportunidade.

Crédito imagem: freedigitalphotos.net

RELATED ITEMS
Informações do Autor

SBA Associados

Ainda sem descrição

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *