O guia de Khalil Gibran para o planejamento dos sonhos

Estamos passados da metade do ano. Depois dos próximos feriados, Dezembro voa, sabemos disto. Mas, e você, já fez seu planejamento estratégico? Já pensou nos seus planos de curto, médio e longo prazo? Já pensou nas pessoas que vão acompanhar estes planos? Quem está disposto a seguir seus sonhos? Não é fácil, mas não é impossível. Requer trabalho, inspiração e introspecção.

Separe um tempo para você. Pense nos seus sonhos. Escreva-os. Depois comece a tirar aquilo que não é real, busque aquilo que é viável. Pense nas pessoas que irão se envolver nestes projetos. Coloque pessoas como responsáveis e coloque prazos para as tarefas serem feitas.

Faça tudo isto, contudo, não esqueça que somente acontecem as coisas que são planejadas se elas forem executadas com amor, verdade, afinco e dedicação.

Um texto de O para auxiliar no processo de criação, inspiração e planejamento:

“Sinto-me como uma semente no meio do inverno, sabendo que a primavera se aproxima. O broto romperá a casca e a vida que ainda dorme em mim haverá de subir para a superfície, quando for chamada. O silêncio é doloroso, mas é no silêncio que as coisas tomam forma, e existem momentos em nossas vidas em que tudo que devemos fazer é esperar. Dentro de cada um, no mais profundo do ser, está uma força que vê e escuta aquilo que não podemos ainda perceber. Tudo o que somos hoje nasceu daquele silêncio de ontem. Somos muito mais capazes do que pensamos. Há momentos em que a única maneira de aprender é não tomar qualquer iniciativa, não fazer nada. Porque, mesmo nos momentos de total inação, esta nossa parte secreta está trabalhando e aprendendo. Quando o conhecimento oculto na alma se manifesta, ficamos surpresos conosco mesmos, e nossos pensamentos de inverno se transformam em flores, que cantam canções nunca antes sonhadas. A vida sempre nos dará mais do que achamos que merecemos”.

(Khalil Gibran)

 

Se houver um tempo para você, para refletir, para desenvolver o seu eu, a sua força interior, haverá um tempo para o seu negócio crescer e desenvolver-se. Sem um tempo para você, não existe o negócio, posto que são as pessoas que idealizam, criam, mudam, vivem o trabalho.

O trabalho é o amor tornado visível, já afirmou Khalil Gibran. Sem pessoas, não há evolução, afirmo eu.

Quer evoluir? Quer um 2013 mais profícuo?

Trabalhe muito, mas comece trabalhando dentro do você mesmo. Tudo muda se você muda.

 

Crédito: FreeDigitalPhotoss.net/jiggoja

Informações do Autor

Gustavo Rocha

Ainda sem descrição

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *