WWE: Entenda por que o esporte faz tão bem para as crianças

No dia 19 de novembro de 1969, o mundo todo parou para ver o milésimo gol de Pelé. E no seu discurso o maior jogador de futebol de todos os tempos disse: ”Pensem nas criancinhas…”. A frase de Pelé não foi apenas um discurso casual, mas sim um apelo mundial. Dizem que as crianças são o futuro do país, e nada mais favorável do que o esporte para a construção do caráter no começo da vida humana.

O esporte tem papel fundamental na construção da sociedade, e se vê presente desde a introdução da criança na prática de algum esporte, o acompanhamento através dos meios de comunicação e até a idolatria das crianças por algum esportista.

No Brasil, o mais casual é o alto índice de crianças na escolinhas de futebol, onde vão aprendendo a conviver em grupo, a lidar com diferentes personalidades e com as dificuldades e disciplina que o esporte proporciona.

Desde pequenos, somos ensinados (ou obrigados) a torcer por algum time, e até acompanhar os jogos da seleção brasileira em uma copa do mundo, onde todos os parentes estão reunidos. Muita das vezes isso acontece por vontade do pai, que nos indica a torcer pelo mesmo time o qual ele torce, comprando uma camisa do time de coração, induzindo a criança a ver os jogos e ás vezes até a saber o nome dos jogadores.

Pode até ser negativo por um lado, mas ao mesmo tempo isso ajuda muito na formação da personalidade, sem contar na afinidade com o pai e o grande círculo de amizade proporcionado pelo time.

Em outros países, a importância é a mesma, mas o que muda é o esporte. Nos Estados Unidos temos a grande influência do pró-wrestling, a mistura de esporte com entretenimento (conhecido no Brasil como Luta-livre). O grande número de fãs crianças é admirável, devido a imagem de herói/heroína feita pela equipe de criativa da wwe (responsável pelas histórias dos combates e eventos das lutas).

Entre o público presente nas lutas, é comum presenciar crianças vestidas iguais aos superastros, se espelhando nas atitudes tomadas por eles, tomando eles como exemplo de vida.

A wwe tem como intuito deixar visível um bom exemplo para as crianças, com os lutadores ”mocinhos” ganhando na maioria das vezes, passando uma conduta socialmente correta e com bons valores.

Outro fator notável nos eventos da wwe é o patriotismo americano. Os americanos levam isso com muita seriedade, onde esse assunto é tratado desde a infância. A wwe passa o patriotismo americano de diversos jeitos, como em histórias de rivalidades entre americanos contra os russos, o Tribute to the Troops, que é um evento anual, realizado em conjunto com as  forças armadas no período natalino, homenageando os militares americanos presentes no Afeganistão e Iraque, com o público composto por membros das tropas de forma gratuita, e outras peculiaridades.

Esperamos que com as Olimpíadas no Rio de Janeiro, consigamos aprender com outras culturas e absorver outras formas de contribuição do esporte para o desenvolvimento das nossas crianças.

Imagem: Joe Loong

Informações do Autor

Rafyz Santos

Nascido em São Vicente-SP, apaixonado por futebol desde a infância. ''Formado'' em futebol no Campinho mais próximo da minha casa, e ''especialista'' em identificar vestígios do futebol-muleque!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *