Como se esbaldar nas Festas Juninas sem desperdiçar o esforço da dieta

Junho é o tradicional mês das festas dedicadas a Santo Antônio (dia 13), São João (24) e São Pedro (29). Também conhecidas como quermesses, as festas juninas acontecem em todo o Brasil. Canjica, arroz doce, pamonha, vinho quente, quentão e uma variedade de pratos da culinária regional são apenas algumas das guloseimas do típico cardápio junino.

Porém, é necessário ter cuidado para aproveitar com moderação todas estas delícias para não prejudicar a sua saúde. Para isso, a nutricionista Marília Araújo separou cinco dicas que vão te ajudar a comer de tudo, sem se preocupar. E o melhor, sem precisar sair da dieta. Confira:

  1. Forrar o estômago – antes de sair de casa, coma algo mais leve, para não chegar com muita fome e acabar comendo demais na festa junina. Assim, você vai poder se deliciar na medida certa e não ficar se sentindo “empanturrado”. Além de fazer mal, o consumo em excesso fará você se sentir indisposto para curtir a festa toda.

 

  1. Preparo dos pratos – se você mesmo for preparar a comida, prefira utilizar leite desnatado e adoçante no lugar do leite integral e do açúcar para fazer alguns doces, como pamonhas, canjicas e bolos. Assim, é possível reduzir as calorias pela metade.

 

  1. Milho pode – os pratos à base de milho são mais saudáveis, porque o cereal é rico em fibras, fazendo muito bem para o sistema gastrointestinal. Além disso, o milho contém vitaminas A e C, folato, tiamina, potássio e ferro, nutrientes que ajudam a regular várias funções do organismo. Se você aprecia milho verde quentinho, tenha cuidado para não exagerar na manteiga ou margarina. 
  1. Fique de olho – se você for comprar a comida pronta e ela for industrializada, nunca deixe de ver a validade e se a embalagem está intacta. Mas se a comida for preparada na hora, observe bem a higiene do local, a aparência da comida, o ambiente em que ela é conservada e a limpeza de quem manuseia e serve o alimento. Para evitar contaminações alimentares, a vigilância sanitária costuma fazer inspeções em festas de grande porte. Porém, você mesmo deve ficar atento aos detalhes. Veja, por exemplo, se a pessoa que toca os alimentos usa touca, luvas e não pega em dinheiro. Isso é fundamental para se evitar contaminações. 
  1. Bebida saudável – evite os refrigerantes e prefira sucos de frutas e água. Se a preferência for uma bebida alcoólica, opte por uma bebida quente, como vinho, que tem propriedades funcionais para o organismo e, se consumido com moderação, protege o coração das doenças vasculares, além de aumentar as taxas de HDL, considerado colesterol bom, no sangue.

Texto: CDN Comunicação



                                                                                                               Publicidade
Informações do Autor

Bruna Borgheti

Jornalista formada pelo Bom Jesus/Ielusc, de Joinville-SC, é acadêmica do curso de Letras da UniCesumar. À frente da redação das publicações do Grupo Dom7, faz a edição e curadoria de conteúdo do site e já teve suas aventuras pelo mundo corporativo, mas gosta mesmo é de um documento de Word em branco. Tem sugestões pra dar? É ela que você está procurando. Entre em contato pelo redacao2@dom7.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *