CUIDADO: Hospital Jaraguá está sendo usado para prática de golpe

A Administração do Hospital e Maternidade Jaraguá alerta a comunidade para possíveis golpes que estão sendo praticados na região. Recentemente, criminosos telefonaram para familiares de um paciente internado na UTI da unidade pedindo dinheiro. No golpe, eles alegam que a quantia será destinada ao tratamento do paciente em questão.

Como se proteger do golpe

A orientação é para que não se faça nenhuma transação financeira sem antes checar junto à unidade hospitalar a veracidade dos fatos por meio do serviço social ou Ouvidoria da instituição. Para entrar em contato com o Hospital Jaraguá, o telefone é o (47) 3274 -3000.

Sobre o Hospital e Maternidade Jaraguá

A busca por melhores condições de vida move a história do Hospital e Maternidade Jaraguá e começa bem antes de sua fundação. A aquisição da unidade pela Comunidade Luterana aconteceu em 1966. Ao longo dos anos, surgiram grandes conquistas: ampliações da estrutura, nos anos de 1976 e 1992, criação do primeiro Centro de Imagem da região, em 1994, a inauguração da UTI Neonatal e Pediátrica, em 1999, o título Amigo da Criança recebido pelo UNICEF, em 2001, e, o prêmio SANTÉ, ligado ao MCE e o prêmio Criança ABRINQ 2012. Buscando oferecer à comunidade maior conforto e bem-estar, o Hospital Jaraguá conta com um novo e moderno prédio assistencial, oferecendo as melhores tecnologias e tratamentos na área da saúde.

Texto: Entrelinhas/Assessoria
Imagem: Jaqueline Noceti/Secom para Governo/SC

 



                                                                                                               Publicidade
Informações do Autor

Bruna Borgheti

Jornalista formada pelo Bom Jesus/Ielusc, de Joinville-SC, é acadêmica do curso de Letras da UniCesumar. À frente da redação das publicações do Grupo Dom7, faz a edição e curadoria de conteúdo do site e já teve suas aventuras pelo mundo corporativo, mas gosta mesmo é de um documento de Word em branco. Tem sugestões pra dar? É ela que você está procurando. Entre em contato pelo [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *