Lay-off: uma alternativa para garantir a sua vaga de trabalho

De uns tempos para cá essa palavra inglesa começou a aparecer na mídia e passou a fazer parte da vida de milhares e milhares de trabalhadores de empresas de todo mundo e do Brasil especialmente quem trabalha no setor automobilístico. Isso porque aqui a queda acentuada nas vendas de veículos nos últimos meses afetou e muito o setor e por conta disso as montadoras e demais empresas relacionadas decidiram paralisar parte de sua produção e, ao invés de demitir ou conceder férias coletivas aos seus trabalhadores, resolveram adotar esse novo sistema que já sendo aplicado amplamente em muitos países. O lay-off significa a suspensão temporária do contrato de trabalho de seus funcionários, por um determinado período de tempo e em determinadas condições.

Na regime de lay-off o trabalhador não perde nenhum dos seus direitos trabalhistas, porém, fica sujeito à condição negociada com a empresa que pode ser tanto uma redução temporária da jornada de trabalho, como uma redução de até 25% de seu salário por um período que pode variar de cinco meses a um ano, dependendo do motivo que levou à adoção do lay-off. A negociação com a empresa para o lay-off pode ser ainda para uma requalificação profissional.

Para as empresas, o lay-off pode ser uma alternativa temporária salvadora e lícita, que as ajudará a superar momentos de crise econômica, ou, em alguns casos, de catástrofe.

Para o trabalhador, o lay-off pode ser uma alternativa interessante para o que vamos chamar de sua “subsistência” já que a outra condição seria a perda de emprego por demissão e que poderia trazer-lhe sérias consequências.

Como o lay-off pega o trabalhador de surpresa, ele, trabalhador, precisa planejar-se para enfrentar uma experiência nova em sua vida, tendo muitas vezes que mudar a sua rotina diária e até mesmo de adaptar-se a novas condições financeiras, e superar a pressão psicológica, uma vez que o fato de estar afastado de suas funções diárias pode trazer-lhe sérias consequências e sequelas.

Assim, vale recomendar àqueles que se encontrarem no regime de lay-off que procurem se adequar às condições especiais do momento. É preciso entender a situação momentânea, adequar os seus gastos aos seus rendimentos enquanto durar a situação, o que vale também para os familiares.

E como há sempre dúvidas a respeito de situações particulares é recomendável consultar  Especialistas em RH da empresa ou outros órgãos para obter mais esclarecimentos.

Crédito imagem: freedigitalphotos/ratch0013

RELATED ITEMS
Informações do Autor

Nelson Fukuyama

Ainda sem descrição

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gastronomia

Por que comer chia

Quem faz dieta de emagrecimento provavelmente deve conhecer a milagrosa chia. De origem mexicana, a semente ajuda a reduzir gorduras do corpo e a emagrecer! A chia é muito

mais   740