A mente de um campeão tem sempre um parafuso a menos

A mente de um campeão tem sempre um parafuso a menos. O campeão não é normal.

Ele sempre quer ir além. Sabe equilibrar trabalho, sucesso, carreira com sua vida pessoal. Quando está focado nos negócios, supera todas as expectativas. Mas, quando está em casa, com a família, sabe também compensar o tempo em que ficou fora.

Para ser um campeão, é necessário ser meio maluco, fazer o que poucos querem fazer. O campeão treina mais, desafia os próprios limites, gosta de sentir a pressão do mundo moderno, e também de descansar na hora certa. Não se prende a cargos, salários, mas corre atrás para conseguir o melhor.

Enquanto todos estão arrumando as tralhas, ele fica mais um pouco, treinando, terminando um projeto, e quando vai para casa, ainda arranja energia para sair com a família comer uma pizza. O campeão tem sim um parafuso a menos, que é o que lhe dá condições de fazer e ser sempre mais, com a garra e a força de um leão, mas com a sutileza de um ser humano.

Você é um campeão, uma campeã, e sabe disso. Só precisa assumir isso, mesmo que estejam dizendo que você é louco, que não deve ser tão comprometido em tudo o que faz.

O campeão é aguerrido, batalhador, não desanima diante dos tropeções que dá, nem das barreiras que a vida impõe. Ele sabe que tudo isso é necessário, e se não fossem esses tropeções e barreiras, todos chegariam ao final. Porém, com eles pelo caminho, poucos são os que continuam, e com isso ele abre espaço para sua vitória…suada vitória.

O campeão faz mais com menos. E o parafuso a menos é que dá lugar a mais inteligência para aprimorar projetos, questionar caminhos e fórmulas, procurando sempre dar mais resultados, sem tornar a sua vida e a dos outros um caos. Ele consegue ter tempo de qualidade na vida pessoal, porque como faz mais com menos, otimiza e maximiza tudo o que se dispõe a fazer.

O campeão nunca erra, porque vê cada falha como aprendizado. Ele sabe que só existem erros quando não há lições. Por isso, diante do erro, avalia, agradece, muda, reaprende, e segue firme, melhor do que antes.

Ele sofre, e sabe que o sofrimento é importante para sua evolução. Joga fora, junto com as lágrimas de sofrimento, todas as suas tristezas, medos, raivas. Ele não reclama da dor, porque sabe que quanto mais dor sentir, mais perto do seu objetivo ele estará. A dor é só um sinal de que as coisas estão no caminho certo, ou de que é hora de mudar o rumo, sem reclamar nem se colocar como vítima.

O campeão aqui é você, ninguém mais. Não estamos falando de super heróis nem de mocinhos. Estamos falando de você, um humano fantástico e campeão, que se ainda não tiver despertado, é hora de começar a acordar e ir vencer em todas as áreas da sua vida.

É o que eu desejo a você, e torço por você.

Grande abraço, fique com Deus, sucesso e felicidades sempre.

Paulo Sérgio Buhrer

 Crédito imagem: http://www.freedigitalphotos.net/Idea go

 

Informações do Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *