Os novos patrocinadores do Juventus

Restando pouco menos de três meses para o início da Série B do Campeonato Catarinense, o Juventus apresentou as primeiras novidades aos seus torcedores, vindas fora de campo. Na tarde de ontem, em coletiva de imprensa realizada no Estádio João Marcatto, o presidente Sergio Luiz Meldola anunciou três patrocinadores master para a equipe. Trata-se da Faculdade de Tecnologia Assessoritec, Supermercados Brasão e a Ótica Diniz. Além disso, a empresa KRG foi confirmada como a fornecedora de material esportivo na temporada.

Os novos parceiros irão estampar suas marcas na camisa, com contrato assinado até o fim de 2016. “Quanto mais dinheiro entrar, melhor. Mas por enquanto, vamos trabalhar em cima de um time entre R$ 200 mil e R$ 300 mil por mês para tocar o futebol”, disse Meldola. A ideia inicial da alta cúpula tricolor é começar o Estadual com um grupo formado por 25 atletas. Num primeiro momento serão abertas avaliações para novos talentos da região, do dia 2 a 16 de maio. Após as seletivas, a programação segue com as contratações de atletas por empréstimo, oriundos principalmente de equipes da elite do futebol catarinense. Depois disso, integram o elenco alguns atletas que virão a Jaraguá do Sul com contrato firmado junto ao Moleque Travesso, tendo cerca de um mês para treinos, visando a estreia na competição diante do co-irmão Sport Club Jaraguá.

Para comandar o grupo, os dirigentes esperam acertar com um treinador até o dia 2 de maio. O nome ainda não foi revelado, mas as negociações já foram iniciadas com um técnico conhecido no futebol de Santa Catarina e conquistou três acessos à Série A no Estado. “Vamos seguir trabalhando forte todos os dias, atrás de novos patrocínios e na montagem do elenco. Estamos em tratativas com um treinador e outros atletas, mas ainda nada fechado”, destacou Meldola. Enquanto jogadores não chegam, a diretoria também segue focada na comemoração do cinquentenário. No aniversário do clube, dia 1º de maio, haverá um café da manhã no João Marcatto, mesmo local da feijoada, marcada para seis dias depois, ao custo de R$ 20, além de serem feitas homenagens destinadas a ex-jogadores que fizeram história no Moleque Travesso.

 

Texto e imagem: Agência Avante!/Divulgação

Informações do Autor

Bruna Borgheti

Jornalista formada pelo Bom Jesus/Ielusc, de Joinville-SC, é acadêmica do curso de Letras da UniCesumar. À frente da redação das publicações do Grupo Dom7, faz a edição e curadoria de conteúdo do site e já teve suas aventuras pelo mundo corporativo, mas gosta mesmo é de um documento de Word em branco. Tem sugestões pra dar? É ela que você está procurando. Entre em contato pelo [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *