A palavra Educação: como manter, melhorar ou mudar algo no mundo

O significado da palavra educação talvez seja um conceito amplo das ciências sociais com diferentes definições. Nessa matéria, a educação é vista como algo mais importante do que seu significado.

Educação, ao meu ver, é tudo aquilo que preservamos e produzimos diariamente no nosso cotidiano. É um direito de todo ser humano a busca incansável pela instrução e pela produção do conhecimento.

Educação, em outras palavras, é o que pode manter, melhorar, ou mudar algo no mundo. Embora existam tragédias no cenário educacional, não podemos nos acomodar com o que nos é comum.Depende de nós lutarmos por melhores condições de vida, acreditando que a grande maioria dos problemas sociais do Brasil, senão todos, podem ser resolvidos através da formação de pessoas conscientes de suas escolhas, capacidades, e limites.

Para atingir esses objetivos, mais que trabalhar com prática e conceitos, é preciso interação das instituições de ensinos e do trabalho em conjunto de professores e alunos, para formação de opiniões, atitudes, e valores. Nesse sentido, o contexto educacional torna-se um cenário viável para inclusão de pessoas, para à prática do exercício da cidadania, e para a promoção da paz.Desse modo, ajudando a acabar com as estruturas desiguais no nosso país. Seja na economia, na política, seja na cultura.

Mais importante que construir conhecimentos, é considerar os saberes dos indivíduos, e compreender que esse processo não acontece apenas nas escolas e universidades. Mas, também, em todos, e diferentes modelos de sociedades. Já que vivemos em um tempo onde uma grande quantidade de novas informações nos chega diariamente.

As novas tecnologias se inserem nesse panorama como algo importante e necessário. Pois, cada vez mais os avanços nos conhecimentos em todas as áreas tem permitido melhorar qualidade de ensino em todos os níveis.

As escolas, por exemplo, sofrem inegavelmente efeitos metodológicos, devido as influências da conjuntura histórica-social. Mas os avanços tecnológicos contribuem ou atrapalham para uma aprendizagem significativa e transformadora?

Do ponto de vista teórico, as novas tecnologias não são responsáveis por solucionarem o problema educacional no nosso país. Porém ,os recursos digitais podem colaborar, caso sejam usados de formas adequadas para abrir caminhos para as novas relações com o atual relevo social e com o futuro do educando.

Do meu ponto de vista, é necessário propor uma aliança entre abordagem tradicional e o ensino com pesquisas. Dessa forma, estabelecendo um contrato didático que subsidie uma aprendizagem colaborativa na era digital. Além disso, é essencial que o professor tenha habilidades tecnológicas, contato direto com os estudantes, e interesse em entender que as novas tecnologias devem ser utilizadas com o propósito que leve a refletir, discutir, e atingir o conhecimento.

Educação, portanto, é sem dúvidas, um assunto sobre o qual envolve uma complexa abordagem e discussão em âmbito mundial. Mas, que pôde ser abordado na composição de cada parágrafo dessa publicação ,com base nas minhas concepções e pequenas experiências em ações coletivas, metodológicas, e didáticas, que norteiam o processo educativo, e me faz atuar ensinando e acreditando na transformação humana e social das pessoas.



                                                                                                               Publicidade
RELATED ITEMS
Informações do Autor

José Domingos

Acadêmico do curso de Letras-Português e Francês da UFS, è bolsista do PIBID (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Cientifica). No universo corporativo atuou em vendas e em relações administrativas. Hoje, prefere ver o mundo através das páginas. À frente do projeto Cine Qua Non, desenvolve trabalhos voluntários nas áreas de literatura , artes e comunicação . Têm artigos publicados em Webartigos.com.br, e é também colunista no Portal Sucesso Jovem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *