Se preocupa com o Brasil? Comece a entender sociologia

Sociologia é a ciência que estuda, compreende e explica as permanências e transformações ocorridas no mundo.

A mesma pode apontar caminhos para mudança. Em seu campo de estudo, a sociologia mescla cultura, economia, política e outras ciências e fontes de conhecimentos que são de grande importância para a convivência em sociedade.

Um dos fatores que contribuíram e possibilitaram o surgimento dos estudos sociais foi o processo da Revolução Industrial. A partir desse acontecimento, o pensamento sociológico se desenvolveu, e hoje a sociologia é tida como disciplina nas escolas e universidades.

As transformações ocorridas no ocidente resultam no progresso de constituição da sociedade como um todo. Uma vez que ao considerarmos a evolução cultural da nossa espécie veremos que ela é pautada pela invenção – ou seja, pela criação de objetos, de sistemas de linguagens, teorias, ciências, artes… Sobretudo a tecnologia que, por sua vez, acaba mudando as formas do sujeito pensar e agir.

Nesse contexto, cabe ser destacado a importância e as contribuições de alguns pensadores e grandes que se preocuparam em analisar e estudar o progresso de constituição de sociedade.

Émile Durkheim, por exemplo, procurou analisar a questão da mudança social e não via ciência no que Max fez. Ele acreditava na lei do progresso, e foi responsável por introduzir o positivismo, que são as regras, as ordens.

Durkheim preocupou-se também em dá conhecimento sociológico aos estudos científicos. Seu objeto de era o fato social. Para ele , a sociedade é quem faz o indivíduo, pois a formação do sujeito, segundo o próprio sociólogo , está relacionada a consciência coletiva e não a individual.

Diferentemente de Max Weber, que afirmou em suas palavras:

“ […] Nem toda espécie de contato entre homens é de caráter social; mas somente uma ação, com sentido próprio , dirigida para a ação social dos outros”.

Para Weber, a relação e ação social parte do indivíduo. Weber também analisou a mudança social baseado no sistema capitalista.

Interpretar os pensamentos de Durkheim e as ideias de Max Weber contribui para melhor percepção da realidade, e o entendimento dos contextos e processos da modernidade, com a formação da sociologia.

Imagem: StanleyCalderelli

Informações do Autor

José Domingos

Acadêmico do curso de Letras-Português e Francês da UFS, è bolsista do PIBID (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Cientifica). No universo corporativo atuou em vendas e em relações administrativas. Hoje, prefere ver o mundo através das páginas. À frente do projeto Cine Qua Non, desenvolve trabalhos voluntários nas áreas de literatura , artes e comunicação .É corretor de redação do portal Imaginie e também colunista no Portal Sucesso Jovem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *