Revitalização do Calçadão deve iniciar em 30 dias

Representantes da Prefeitura de Jaraguá do Sul, da comissão responsável pelo Projeto de Revitalização do Calçadão, da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e donos e gerentes de estabelecimentos comerciais se reuniram na manhã desta segunda-feira (9), no auditório do Museu Emílio da Silva. Entre os assuntos discutidos estavam ações a curto, médio e longo prazos para a revitalização do Calçadão. Integram a lista de melhorias:

  • a manutenção da arborização;
  • drenagem e escoamento de água;
  • manutenção de floreiras, bancos e lixeiras;
  • melhorias na iluminação pública e nas calçadas;
  • fiscalização dos vendedores ambulantes;
  • criação de vagas de carga e de desembarque;
  • melhoria da parte externa do museu com iluminação adequada para o ambiente;
  • instalação de bicicletários;
  • criação de parklets temporários para os estabelecimentos que vendem alimentos;
  • apresentação de um Projeto de Revitalização Estrutural envolvendo todo o calçadão e seu entorno.

 

Um termo de compromisso foi assinado pelo prefeito Dieter Janssen em que consta a pauta de melhorias do Calçadão e uma comissão foi formada com quatro lojistas do espaço e quatro representantes das secretarias do Urbanismo, Obras, da Fundação Cultural e do Instituto Jourdan para a tomada de ações imediatas para revitalização do local. Também participaram da reunião o presidente do Instituto Jourdan Ronaldo de Lima, o secretário de Urbanismo Ronis Bosse e o presidente da Fundação Cultural Sidnei Lopes que expuseram as ações já tomadas no Calçadão que inclui a substituição de árvores danificadas pelas chuvas, colocação de lâmpadas de led, instalação de mais três pontos de coleta de lixo no calçadão e intensificação da fiscalização dos ambulantes. Desde 2014, o Instituto Jourdan também conta com projeto de revitalização do Calçadão e entorno que necessita de captação de recursos para a execução.

 

Segundo o prefeito Dieter Janssen, algumas melhorias imediatas devem começar a ser executadas num prazo de 30 dias. Já as ações a médio e longo prazo serão tomadas conforme estudo prévio realizado pela comissão responsável pelo Projeto de Revitalização do Calçadão que conta com o apoio do Sebrae e terá a participação do Instituto Jourdan.

 

Para o lojista Gabriel Seifert, integrante da comissão, a ideia de revitalizar o calçadão é de fazer com que o espaço fique mais atraente para consumidores e lojistas, tonam-se um local acolhedor e agradável para todos que ali passarem de moradores a turistas.

Texto e imagem: Assessoria de Imprensa/PMJS/Divulgação

Informações do Autor

Bruna Borgheti

Jornalista formada pelo Bom Jesus/Ielusc, de Joinville-SC, é acadêmica do curso de Letras da UniCesumar. À frente da redação das publicações do Grupo Dom7, faz a edição e curadoria de conteúdo do site e já teve suas aventuras pelo mundo corporativo, mas gosta mesmo é de um documento de Word em branco.
Tem sugestões pra dar? É ela que você está procurando. Entre em contato pelo [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *