Trabalhador: seja o patrimônio mais valioso para você mesmo

O cenário para o trabalhador nesse momento não é dos melhores. Fala-se em demissões, fechamento de postos de trabalho, taxa de desemprego batendo recordes. Há ainda as mudanças na legislação trabalhista e previdenciária que vieram trazer reduções e consequente perdas para o trabalhador. Como ser seu próprio patrimônio neste cenário?

Inconformado, o trabalhador tem de enfrentar ainda os escândalos que “pipocam” a cada dia em diferentes segmentos da economia, provocando manifestações de diversos setores que reivindicam melhores condições de trabalho, principalmente de salários, haja vista que temos a inflação crescendo a cada dia, corroendo o ganho e o poder de compra.

Com todo esse panorama parece que o trabalhador não tem muita coisa a comemorar. Quem tem um emprego deve mais é dar graças a Deus por isso, pois assim terá condições de manter seu padrão de vida.

Cabem ainda alguns conselhos para os profissionais de diferentes estágios.

Geração Y e Z: não se desespere, aguarde sua oportunidade. Ouça quando os profissionais mais experientes disserem “vá com calma”, eles sabem que há uma imensidão de oportunidades para todos os que estão buscando sua posição. Enquanto isso, estude, treine, prepare-se, aumente suas competências, conheça as exigências e assim você chegará lá.

Profissional que está na busca de uma melhor posição na sua carreira, avalie se realmente você está preparado para assumir uma posição de maior responsabilidade. Não basta ser bom apenas tecnicamente, é preciso estar preparado também em relação a outras exigências. É preciso saber liderar pessoas, tomar decisões, olhar para frente e continuar a caminhada em direção aos seus sonhos.

Profissional que já está há muito tempo no mercado, lembre-se que a grande maioria de demissões acontece por conta de falta de compostura. Esteja atento para saber onde não errar. Saiba que há uma multidão de profissionais sonhando com sua vaga. Portanto, trate de ser o verdadeiro guia para os seus subordinados, traga resultados para a sua empresa.

Mulheres e homens, não se preocupem apenas em ficar disputando para saber quem é melhor. Competência não tem sexo. Se a sua reclamação e inconformismo for por causa de que os salários pagos aos seus pares do sexo oposto são maiores, não se desmereça, continue batalhando pelos seus direitos, afinal, há espaço para ser conquistado.

Lembrem-se todos: vocês são o patrimônio mais valioso de uma organização.

Cuide de fazer bem a sua parte, ou, de no mínimo, procurar entender a situação do momento e dar passos que ajudem na busca de uma posição melhor.

Crédito imagem: freedigitalphotos.net

RELATED ITEMS
Informações do Autor

Nelson Fukuyama

Ainda sem descrição

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *