serrafina_5
Pedra da Mina

Foram mais ou menos 33 km percorridos em 3 dias, caminhando acima de 2.000 metros de altitude pela serra que marca a divisa dos estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. Sol, muito sol e mais de 2.800 metros de subida acumulada no total e a conquista da 4ª montanha mais alta do Brasil, a Pedra da Mina, com seus 2.798 metros de altitude – ficando atrás apenas do Pico da Neblina, Pico 31 de Março e Pico da Bandeira. Mais de 1.100 fotos tiradas e muitas experiências adquiridas.

Assim foi como passei os quatros dias do feriadão de Tiradentes, realizando a Travessia da Serra Fina – considerada uma das belas e mais difíceis do Brasil – juntamente com oito amigos do Grupo Cachorro do Mato, de Joinville.

 

 

serrafina_3
Visual do topo do Capim Amarelo

O que é a Travessia da Serra Fina?

É uma das mais famosas travessias de montanha do Brasil, oferecendo um visual maravilhoso e vários pontos acima dos 2.000 metros de altitude em relação ao nível do mar, com destaque para Pedra da Mina. Essa travessia é feita normalmente em 4 dias, podendo ser realizada em menos dias por montanhistas mais experientes e corredores de montanha.  A travessia, comumente, inicia em Passa Quatro, Minas Gerais, passando pelas tradicionais “Toca do Lobo”, “Capim Amarelo”, “Maracanã”, Pedra da Mina, Vale do Ruah, Cupim do Boi, Pico 3 Estados, Alto dos Ivos, Sitio do Pierre, terminando próxima à cidade de Itamonte, também em Minas, sendo que durante a travessia, por diversas vezes, caminha-se pelos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Um dos principais fatores que torna essa travessia difícil é que existem apenas cinco pontos de água ao longo do mais de 30 km do trajeto, sendo necessário adicionar ao peso da mochila entre 4 e 6 litros de água em determinados momentos. O frio intenso e a chuva também podem tornar a travessia ainda mais difícil.

 

 

No topo do Pico dos Três Estados
No topo do Pico dos Três Estados

O que é o Grupo Cachorro do Mato?

O GCM é um grupo de amigos, organizado na forma de associação sem fins lucrativos, fundado em outubro de 2010 na cidade vizinha de Joinville, possuindo atualmente cerca de 80 membros de várias cidades de Santa Catarina e do Paraná, que participam de diversos eventos realizados durante o ano inteiro, conforme um calendário pré-definido no ano anterior. Pessoas que não são membros do grupo também podem participar de determinados eventos, conforme classificação indicativa do mesmo. Os eventos variam de caminhadas de um dia (hiking) de vários níveis de dificuldade até acampamentos e travessias (trekking). Também são realizados outros eventos como rafting, rapel, etc. Mais informações sobre o grupo podem ser obtidas no site  ou diretamente na fanpage.

 

 

DCIM104GOPRO
Todas as imagens: Alex Wisnieski

Minha opinião:

Nem a distância até Minas Gerais, nem o calor, nem os poucos pontos de água na trilha e nem o peso extra na mochila desanimaram o pessoal que esteve realizando uma das travessias mais belas do Brasil. Muito pelo contrário, cada passa dado no alto dos mais de 2.000 metros de altitude vinham seguidos de visuais cinematográficos, de muito companheirismo, desafio e superação de todos que estavam no grupo. Com certeza, vale muito a pena você se preparar física e psicologicamente para a realização de uma travessia como essa. Contudo, se tiveres tempo, opte por realizá-la em 4 dias, pois existe muito para admirar, observar, explorar e é claro, fotografar.

 

 



                                                                                                               Publicidade
Informações do Autor

Alex Wisnieski

Analista de Sistemas, turista, aventureiro, trekker/ hiker, ciclista, aficionado por natureza, viagens, esportes e agora colaborador do site Dom7.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *