SingAloud: Universitários criam luva que traduz linguagem dos sinais



Conheça a SingAloud: uma luva com cara de ficção científica que tem sensores capazes de captar os movimentos ASL (o que equivale às Libras aqui do Brasil), medindo tudo: desde as coordenadas XYZ até a flexão ou reposicionamento individual de cada dedo. Em seguida, ela envia os dados captados para um computador via Bluetooth com os algoritmos de codificação que categorizam os gestos, traduzindo-os para o inglês de forma audível.

Criado por dois alunos da Universidade de Washington, a invenção já ganhou prêmios como o Lemelson, do MIT. Agora, o trabalho é para refinar o gadget, já que o projeto ainda é um protótipo.

“Nós sabemos que não estamos nem perto ainda de captar toda a imensidão do universo das línguas de sinais. [ASL] é mais do que apenas palavras e frases, e nós sabemos disso. Eles têm estruturas gramaticais complexas. O que, eventualmente, desejamos é captar o máximo e melhor possível”, explica o co-criador Navid Azodi em entrevista a jornais locais.

A próxima etapa do trabalho é a construção de outros modelos (o que acontece no próprio dormitório da faculdade e na CoMotion Makerspace da universidade) aperfeiçoando detalhes e aproveitando as críticas recebidas nas primeiras apresentações do projeto. A intenção é viabilizar a comercialização de um dispositivo fácil de utilizar, prático para o dia a dia e capaz de promover a inclusão e a capacitação de pessoas para quem a comunicação, às vezes, se apresenta como uma barreira.

 

E você, gostou da iniciativa?

 

Imagem: FastCompany/SingAloud/Divulgação

Informações do Autor

Bruna Borgheti

Jornalista formada pelo Bom Jesus/Ielusc, de Joinville-SC, é acadêmica do curso de Letras da UniCesumar. À frente da redação das publicações do Grupo Dom7, faz a edição e curadoria de conteúdo do site e já teve suas aventuras pelo mundo corporativo, mas gosta mesmo é de um documento de Word em branco. Tem sugestões pra dar? É ela que você está procurando. Entre em contato pelo [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *